top of page

O QUE É COWORKING? COMO AS EMPRESAS SÃO AJUDADAS?



SE VOCÊ É EMPRESÁRIO, PROVAVELMENTE JÁ DEVE TER VISTO O TERMO “COWORKING” EM JORNAIS OU REVISTAS. SE AINDA NÃO SABE O QUE É ISSO, É MELHOR PRESTAR ATENÇÃO NESSE POST

Coworking é um formato de trabalho bastante utilizado em países desenvolvidos baseado no COMPARTILHAMENTO de estruturas, espaços físicos e serviços entre usuários (coworkers). Ele faz parte de uma série de práticas e serviços daquilo que se costumou chamar por “economia colaborativa” onde um pessoa abre mão de ser o proprietário para ser o USUÁRIO de algo, ou seja, para esse grupo de pessoas, mais importante do que possuir algo é fazer uso direto dos seus benefícios, sem as preocupações inerentes à sua compra, manutenção e outras chateações.

Grandes empresas tem aderido e fornecido serviços baseados nesse modelo. Se você é morador de São Paulo ou Rio de Janeiro provavelmente já viu as famosas “Bicicletas do Itaú”, distribuídas por toda a cidade e que você pode “emprestar”, usar e simplesmente devolver. Se você é um usuário esporádico pode escolher entre investir seu dinheiro para ter a sua própria bicicleta – e ficar com ela guardada na garagem a maior parte do ano – ou emprestá-la apenas no momento que deseja dar aquela voltinha de domingo e depois devolvê-la sem preocupações.

Não se preocupe, a ideia não é que você se torne um eremita desprovido de bens materiais e sim fazer uma reflexão critica daquilo que realmente importa possuir e daquilo que na verdade precisamos apenas utilizar; O que realmente importa para você e sua empresa ? A qualidade, eficiência e a relevância dos serviços e produtos que ela é capaz de produzir ou ser o proprietário do escritório físico ?

VOCÊ SABIA QUE GRANDES EMPRESAS COMO O GOOGLE FAZEM USO DE ESPAÇOS DE COWORKING EM VÁRIAS CIDADES ONDE ESTÃO IMPLANTADOS ?

No Brasil já temos diversos coworkings que prestam esse tipo de SERVIÇO (não é apenas um aluguel de salas) no qual o usuário pode alugar temporariamente uma mesa ou sala para trabalhar, cabendo a estes espaços toda manutenção predial, limpeza, serviços de escritório e atendimento. Ao usar um desses espaços compartilhados em uma dessas empresas de coworking você tem a possibilidade de se focar apenas naquilo que realmente interessa: o seu próprio negócio.

Além de se ver livre de todos os aborrecimentos cotidianos (“porque a faxineira faltou hoje?”; “Telefone para a operadora pois a internet caiu”; “Precisa trocar a lampada da sala de reunião” ), um coworking possibilita a redução de custos e a conversão do chamado custo fixo de aluguel em um custo variável, ou seja, você aluga a quantidade de postos que necessita para aquele momento e pode aumentá-la ou reduzí-la de acordo com a sua demanda.

VOCÊ SABE O QUE É “CUSTO FIXO” ? É AQUELE CUSTO QUE VOCÊ TEM PARA MANTER A EMPRESA, INDEPENDENTE DE TER OU NÃO SERVIÇO, TAL COMO ALUGUEL, CONTAS DE LUZ E TELEFONIA. PESQUISA DO SEBRAE APONTA A MÁ ADMINISTRAÇÃO DESSES CUSTOS COMO O PRINCIPAL MOTIVO DO FECHAMENTO DE EMPRESAS BRASILEIRAS.

Por isso o modelo de escritório compartilhado tem sido muito procurado por pequenas e médias empresas prestadoras de serviço que são muito suscetíveis a sazonalidade no fechamento de contratos; Se fechou um bom contrato e precisa chamar mais pessoas para lhe ajudar do dia para noite, você estará preparado; Terminou esse serviço e precisa devolver esses postos? Ok, sem problemas e nenhuma burocracia – você não precisa manter o aluguel de algo que não necessita mais.

O compartilhamento de custos também permite que profissionais autônomos ou pequenas empresas tenham acesso a ambientes e serviços profissionais que normalmente não teriam condição de arcar sozinhos, como uma sala de reunião automatizada para apresentações, serviços de secretária e atendimento de recepcionista. Um bom exemplo é o serviço de “Escritório Virtual” ou Virtual Office, onde uma secretária irá atender as suas ligações em nome da sua empresa, transferí-las ou anotar seus recados por menos de R$ 200,00 ao mês, um custo ínfimo se comparado ao salário de uma secretária e você ainda conta com endereço comercial e gerenciamento de correspondências.

Além de todas essas vantagens e não menos importante, está a oportunidade de de entrar em contato com diversos profissionais, de diversas áreas, que com certeza agregarão boas ideias ao seu modelo de negócio. “Não se trata mais apenas de um networking comercial banalizado, é muito mais que isso, é troca de experiência e capacitação colaborativa; Muitas vezes o coworker ao seu lado possui a solução para um problema que você nunca havia pensado (…)” enfatiza Letícia Bertacchi, uma das proprietárias da Ponto Urbano Coworking. Ainda é comum que essas empresas de coworking promovam eventos e palestras para ampliar essa troca de conhecimento e capacitação

Por todas essas vantagens, o coworking é um modelo consolidado em países desenvolvidos e atualmente vem recebendo grande destaque na mídia pois se apresenta como uma forte tendência para os próximos anos

AS PRINCIPAIS VANTAGENS PARA UM USUÁRIO DE COWORKING:
  • REDUÇÃO DE CUSTOS FIXOS da empresa através do compartilhamento de espaços e serviços tais como salas de reunião, recepção, copas, serviços de limpeza, manutenções prediais, serviços de TI, energia, internet, etc..

  • RAPIDEZ NA IMPLANTAÇÃO da empresa com espaços e serviços prontos para início imediato.

  • Eliminação da BUROCRACIA na contratação de espaços, contratos flexíveis e sem comprovação de renda.

  • Maleabilidade para crescimento e redução de funcionários e colaboradores – Planos Mensais, Trimestrais e Semestrais

  • Foco TOTAL no negócio, sem preocupações e gasto de tempo em manter a estrutura física e de funcionários de suporte.

  • Networking e favorecimento de relações comerciais entre os diversos profissionais

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page